segunda-feira, abril 17, 2006

Fenômenos Paranormais - telepatia.


Cães que sabem que seus donos estão chegando - e outras faculdades inexplicáveis dos animais (Rupert Sheldrake) -> (imagem)

Há quem diga que estamos aqui pra completar um ciclo da natureza. Há os que dizem que viemos cumprir missões incumbidas antes de nosso nascimento. Mas uma coisa é verdade, estamos aqui, e tendo ou não uma missão divina, passamos por experiências inexplicáveis.

As mais comuns são as experiências da mente. Quem nunca ouviu falar em telepatia ou telecinese?
Bom, eu cito essas duas pois são as mais comuns entre as discussões. Existem casos famosos de telecinese, porém alguns dizem que são truques, outros já consideram fenônemos físicos naturais. No entanto, a experiência que mais intriga céticos, crentes e pesquisadores é a telepatia.

Foco principal nos estudos de parapsicólogos, céticos e cientistas do ramo.

O argumento mais comumente usado para "provar" a telepatia é a ligação entre mãe e filho.
Quem nunca ouviu a história que a mãe presentiu que algo de ruim acontecia com o filho?
Quem já estava pensando em uma pessoa e de repente ela chega em casa ou liga?
Quem cantarolou uma música em pensamento e de repente outra do lado a canta em voz alta?

Pois é, isso se chama telepatia involuntária. Existem pessoas pelo mundo que dizem ser capazes de induzir a telepatia. Essas são o principal foco dos céticos e cientistas. Cada um tenta provar seu ponto de vista. O paranormal usa de seus melhores métodos para provar algo aos cientistas e vice-versa.

Existem casos e mais casos sobre telepatias involuntárias, mas nenhum intriga os cientistas e céticos como um caso no condado de Rampshire nos EUA.
A família proibiu que sua identidade fosse divulgada, e a polícia atendeu ao pedido. A imprensa só podia citar o caso se não divulgasse o nome da família.

Em meados de 1982 uma típica família americana se preparava para acampar. Pai, mãe, duas filhas e um filho (dizem os moradores que esse menino tinha 7 anos na época). Esse garoto era muito apegado a um cão de estimação, sua raça também não foi divulgada. Todos ficaram muito entusiasmados com a viagem, principalmente o garotinho, que segundo a família passou o mês todo comentando. Era um camping de verão, e muitas pessoas iam todos os anos pra esse local. A entrada de cães só era permitida pagando uma taxa e se o dono se comprometesse a limpar a sujeira do mascote. O lugar era imenso, uma reserva florestal que era aberta para civis apenas no meio do ano.
A família chegou pra ficar uma semana, conforme a reserva feita. Uma das atividades preferida era o rafiting, referência desse camping. Alguns menos aventureiros ficavam por perto e pescavam no rio que cortava a reserva.
Tudo aconteceu muito rápido, o pai pescava e ensinava as duas filhas mais velhas como pescar os maiores peixes. A mãe ficou a poucos metros com seu filho e o cão. Segundo testemunhas, ela lia um livro e o menino brincava de jogar gravetos com o cão. Passaram-se alguns minutos e o cão começou a latir para a dona. O pai olhou para ver o que acontecia e deixou as filhas pescando na margem daquele rio calmo.
Ele perguntou o que estava acontecendo, olhou para os lados e viu que o filho tinha sumido.
Eles começaram a gritar por ele. As outras famílias ajudaram a procurar. Porém em meio as imensas árvores ficava dificil ver alguém.

A polícia florestal foi avisada e deu início à uma busca que varou a noite. A polícia do município se juntou a eles na manhã seguinte. Helicópteros sobrevoavam a mata, e botes desciam o rio.
As autoridades faziam trocas de equipes durante o dia. Certo momento, no dia seguinte, no fim da tarde, um guarda deixou seu walk talkie em cima de um tronco morto em que havia sentado.
O cão pegou o aparelho e fugiu mata adentro. Os policiais ficaram sem reação. Acharam estranho mas continuaram a busca aos aredores. Então, passados alguns minutos, segundo os pais do garoto, um guarda decidiu se comunicar com o walk talkie que o cão tinha levado. Começou a chamar pelo garoto. Alguns policiais dizia ser perda de tempo, mas a família achou boa a idéia.
Ele chamava a cada dois minutos.
- Garoto, se você estiver me ouvindo aperte o botão azul e fale alguma coisa.
Durante mais de uma hora nenhuma resposta.
Mas de repente eles ouvem um choro pelo aparelho.
- Garoto, é você? - perguntava o guarda - Fale com a gante.
Aos poucos o menino se acalmava e eles puderam ouvir que o cão estava latindo ao lado dele.
Os guardas perguntaram como era o local onde o garoto estava.
Ele não soube explicar com detalhes, mas com a pequena explicação o gurada florestal do atual turno soube identificar o local.
Uma equipe foi mandada ao lugar e acharam o menino deitado ao pé de uma árvore, seu cão sentado ao lado.
Ele foi resgatado sem ferimento algum. Foi um milagre dizia a família.

Bom, a imprensa não deu muita importância para esse caso, pois não era muito incomum esse tipo de sumiço em acampamentos.

Mas as pessoas que presenciaram o fato, afirmaram que o cão salvou o garoto.

Os estudiosos do assunto, dizem que os outros animais têm uma capacidade mais elevada que a nossa, chamada hipersensibilidade.

Ninguém até hoje conseguiu provar os tais fenômenos, e alguns dizem que nunca conseguirão, mas uma coisa é certa, todos já tiveram uma experiência extrasensorial.
Pare e começe a perceber os pequenos acontecimentos em sua vida, e verá que passamos por mais coisas do que imaginamos.

9 Comments:

Blogger Claudio Gaspari said...

Baleio...acredito suavemente neste tema mas tenho outras explicações para algumas situações.João está em casa ouvindo rádio e pensa em Zé...Zé está na rua passando por uma loja e pensa em João...então decide ligar para este e tem a grata surprese do telefone tocar...e é João!

Motivo:

No rádio que João ouvia, tocou a mesma música que estava tocando quando eles se conheceram.Zé estava passando pela loja que tinha um rádio tocando baixinho...mas ele ouviu e lembrou inconcientemente do mesmo fato...então não foi telepatia

17/4/06 8:45 PM  
Blogger Black Mantis said...

Acho que o exemplo do Claudio é válido. Porém eu concordo com a frase da parapsicologia que diz:"Se pode-se explicar um fato da maneira simples, não há porque explicá-lo de uma maneira sobrenatural."
Este caso do garoto pode ter inúmeras explicações, acho muito mais inesplicável o cachorro saber para quê serve um rádio como este!!!

24/4/06 11:43 AM  
Anonymous Anônimo said...

Primeiro gostaria de saber como que o garoto sumiu, pois isso naum foi dito no texto...

18/7/06 5:11 PM  
Blogger Guilherme Diniz said...

Olá!
Sei que faz tempo que enviou a pergunta sobre o sumiço do garoto.

Nste caso, pelo fato de ter sido pouco divulgado pela imprensa, por pedido da família, sabe-se apenas que o garoto foi se "aventurar" pelas redondezas do acampamento.

As poucas informações sobre o caso foram ditas por testemunhas.
Faz um bom tempo que li esta matéria em um edital estrangeiro que por ocasião havia sido publicado no Brasil como "brinde".

Espero ter podido esclarecer.

Então Black Mantis, esse é o mistério.
Ninguém consegue explicar a atitude do cão. É ai que os entusiastas da paranormalidade entram...

27/11/07 5:16 PM  
Blogger Carolina said...

Adoro fenómenos paranormais em geral. Mas agora que li este post fiquei a pensar: acontece-me muita vez, mas muita vez mesmo com amigas minhas e não só essa situação de pensar numa coisa e elas dizerem, ou elas pensam numa coisa e eu digo, ou faço, algo assim. Há quem diga que a convivência resulta nisso...mas não sei, acontece mesmo muito x)

Esse caso do rapaz que desapareceu, o facto do cão ter ido ter com ele é simples de explicar, os cães têm um faro e audição muito mais apurados que o Homem, pode facilmente ter identificado o choro do menino e ter ido em seu socorro, o que mais me intriga é o facto de ter pegado no walkie tokie e ter levado até ao rapaz...

10/5/08 5:54 PM  
Anonymous Anônimo said...

Não vou dizer q amo esses fenômenos pois tenho medo , mas gosto de lê, bastante livros relacionados na vida pós a morte, no momento estou lendo um livro chamado A Alma dos Animais , é muito bom lhe mostra o qnt é importante esses animais em nossas vidas!!!!!
Indico a todos q gostam de animais!!!!

14/6/08 9:21 PM  
Anonymous Patricia said...

Bom, comigo aconteceu algo esquisito, hoje mesmo, por isso resolvi procurar no google casos parecidos, trabalho como auxiliar de escritorio em uma imobiliaria, o telefone tocou e fui atenter, o meu chefe estava em horario de almoço mais o telefone aki tem 2 estenções porque é comercial e residencial, e quando o telefone é para ele eu toco a campanhia e ele atende, a moça com quem eu falei queria falar com ele, mas o meu chefe demorou para atender, ai eu disse: aguarde só um minutinho que ele ja te antende, derrepente ela diz: moça , seu celular esta tocando, eu disse: desculpa, a senhora falou comigo? ela disse sim: eu disse: não moça não esta não, ai meu chefe atendeu e eu desliguei, quando fui ver, meu celular tinha 1 chamada perdida e o numero era desconhecido e meu celular estava no silencioso.

2/12/09 2:19 PM  
Anonymous Anônimo said...

as vezes penso num filme e em alguns dias o filme é anunciado na tv.

e tbm varias vezes ja aconteceu de eu pensar em uma determinada situação e logo em seguida ela acontece. as vezes já sei até oq vão dizer. mas é muito rápido

26/11/11 9:26 PM  
Anonymous Anônimo said...

eu cinto umas coisas diferentes, escuto vozes vejo vultos, sombras estranhas em volta de mim é muito estranho!

10/5/12 6:52 PM  

Postar um comentário

<< Home